×

Menssagem de erro

  • Warning: file_put_contents(temporary://fileLSCQgG): failed to open stream: "DrupalTemporaryStreamWrapper::stream_open" call failed em file_unmanaged_save_data() (linha 1962 de /web/php/ncfw/includes/file.inc).
  • O arquivo não pôde ser criado.

Você está aqui:

Notícias

Estado dobra investimentos e amplia acesso a seguro contra perda de safra

08/07/2015

 Em parceria com o Governo de Minas Gerais, o Garantia Safra irá ampliar o acesso da agricultura familiar a seguro contra a perda de mais de 50% da produção. Na safra 2015-2016, o número de famílias de agricultores beneficiados irá saltar de 42 mil para cerca de 70 mil. O número de municípios que podem aderir ao programa passará de 96 para 168 cidades, todas no semiárido mineiro (Norte de Minas e Vales do Mucuri e Jequitinhonha).

O aporte do governo estadual será de R$ 7,1 milhões, quase o dobro em relação aos investimentos do Garantia Safra 2014-2015, que prevê para este ano o valor de R$ 3,7 milhões. Como o programa é cofinanciado também pelo governo federal, prefeituras e beneficiados, os investimentos somarão cerca de R$ 60 milhões.

Termo de adesão

Para participar do Garantia Safra 2015-2016, os municípios e agricultores mineiros devem fazer a adesão ao programa. A partir desta quarta-feira (8), os 168 municípios do semiárido mineiro irão receber o termo de adesão para ser assinado. As prefeituras terão até o próximo dia 24 de julho para enviar a resposta à Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agrário (Seda), coordenadora do programa no Estado. Após a inclusão, o segundo passo será a seleção das famílias beneficiadas.

“É muito importante a participação dos municípios neste processo de adesão ao Garantia Safra, para que depois o agricultor ou agricultora se dirija à agência bancária ou lotérica para o pagamento de sua parcela no seguro, que é de  R$ 17”, explica o secretário de Estado de Desenvolvimento Agrário, Glenio Martins.

Na safra 2015-2016, o benefício será de R$ 850, concedido em cinco parcelas mensais de R$ 170 ao agricultor ou agricultora que sofrer com a perda de, pelo menos, 50% da produção de feijão, milho, arroz, mandioca, algodão, ou de outras culturas, em razão de estiagem ou excesso hídrico.

Condições

O Garantia-Safra é uma ação do Ministério do Desenvolvimento Agrário, por meio do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), inicialmente voltada para os agricultores e as agricultoras familiares localizados na área da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), majoritariamente semiárida.

Posteriormente, foi autorizada a inclusão de agricultores familiares de outros municípios situados fora da área da Sudene, desde que atendidos previamente alguns requisitos, como a comprovação de que os agricultores familiares se encontram em municípios sistematicamente sujeitos a perda de safra.

Para receber o agricultor familiar deve não ter renda familiar mensal superior a 1,5 (um e meio) salário mínimo. Efetuar a adesão antes do plantio e não deter área superior a 4 módulos fiscais. A área total a ser plantada deve ser de, no mínimo, 0,6 hectares e, no máximo, 5 hectares.

Notícias relacionadas

Secretaria de Desenvolvimento Agrário prorroga até 31 de julho prazo para que prefeitos do semiárido mineiro manifestem interesse em participar do programa de seguro

Na próxima terça-feira (16/6), a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agrário promove mutirão de recadastramento em Frei Gaspar, no Vale do Mucuri

Programa para agricultura familiar será ampliado em municípios mineiros nos próximos anos. Outra novidade é a aprovação de R$ 34 milhões em crédito fundiário